Blog Luis Castro - Transparência em primeiro Lugar!

Eleições 2018: Biné Figueiredo pode passar por sua maior decepção política esse ano

Funcionário aposentado do Banco do Brasil, Biné foi eleito prefeito de Codó pela primeira vez em 1992.

Em 2000, se candidatou mais uma vez à prefeitura codoense, pelo extinto PSD, mas foi derrotado pelo então prefeito Ricardo Archer, do PSDB, que conseguiu se reeleger.

Em 2004, quando se candidata novamente à prefeitura, agora filiado ao extinto PFL, derrota o candidato Zito Rolim, do PV, e se elege novamente prefeito de Codó.

Nas eleições de 5 de outubro de 2008, foi candidato à reeleição, mas acabou perdendo a disputa para o atual na época prefeito, Zito Rolim, por uma diferença de 3% dos votos válidos.

Em 2016 o então ex prefeito disputou novamente uma vaga com o atual prefeito Francisco Nagib, Pedro Belo, Chiquinho do Saae.

O empresário e ex prefeito perdeu nas urnas para o Jovem Francisco Nagib que concorria pela segunda vez a uma vaga como prefeito da cidade.

Então agora após regeição por muitos em apoiar o ex Deputado Estadual Camilo Figueiredo, BINÉ resolve se candidatar para disputar uma vaga na cadeira de Deputado Estadual. Só que hoje expecula se na cidade que o seu adversário Zito Rolim levará 20 mil votos apenas em Codó.

O ex prefeito está desacreditado por vários codoenses pela sua péssima gestão para vários.  Comenta se muito que o Biné Figueiredo já esteja cansado mais é um guerreiro em encarar mais uma batalha.

Então o pré candidato Biné Figueredo não atraiu uma quantidade de público em sua convensão e com a presença da Roseana Sarney. O ex prefeito Biné tem tudo para ter uma das maiores decepções política em sua carreira, já que tudo indica que o mesmo não conseguirá êxito entre os codoenses.

O BLOG DESEJA SUCESSO AO MESMO

Categoria: Notícias

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*